Por um momento de amor

Amigos de sempre, tenho tentado me afastar de postagens eminentemente políticas. Procuro colocar apenas o que acho que será considerado positivo por todos, contra o STF inteiro e, claro, sobre dança, que é minha paixão, minha profissão e minha vida.
Mas hoje não consegui me furtar de postar uma pergunta: 
Por que todas as religiões devem ser respeitadas, menos o cristianismo? 
Gente, fui educada no catolicismo bem carola por influência de meus avós, mas meus pais eram espíritas – e eu diria que mesmo meus avó tinham uma atração pelo espiritismo. Tínhamos e tenho amigos judeus que amo. Aliás, nunca entrou em questão se eram ou não judeus ou muçulmanos ou fosse o que fosse. Messody Baruel e família passavam o Natal em nossa casa e papai não perdia o dia de partilhar os quitutes do final do yom kippur. 
Com o tempo, frequentei a Igreja Messiânica, fui várias vezes ao Templo Tupyara – um oásis de paz, limpeza, bondade, missão e amor -, assisti uma vez ao Candomblé – muito longo e não gosto das comidas -, ia à casa de uma amiga espírita que só me fez o bem. Finalmente, voltei ao catolicismo. Amo a liturgia, a beleza das Igrejas, dos trajes, da sensação de paz – não gosto de Missas modernas, detesto -, da música e do canto. Já dancei na Igreja da Ressurreição, em Copacabana; foi lindo. 
Mas, sobretudo, acho que a mensagem cristã é belíssima, é universal, e que dera que a humanidade tivesse se guiado por ela. Independentemente de frequentar ou não a Igreja ou de pertencer a outra religião. “Amai ao próximo como a ti mesmo.” Certamente, neste carnaval da total falta de respeito às crenças e sentimentos do próximo, tal não aconteceu. Sou carioca, amo carnaval, mas o que vi me envergonha, me indigna e me afronta. 
Concluo com as palavras de Gandhi (ele se auto-proclamava hindu, muçulmano, cristão, judeu e budista, pois acreditava que todas as religiões levavam a Deus) 
“”Se um único homem alcançar a mais elevada qualidade de amor, isto será suficiente para neutralizar o ódio de milhões.” Mahatma Gandhi.”

3 Respostas to “Por um momento de amor”

  1. Personal development leadership Says:

    Personal development leadership

    Por um momento de amor |

  2. Online Life Coach Says:

    Online Life Coach

    Por um momento de amor |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.


%d blogueiros gostam disto: